Fórum Vegano

O aquário do São Francisco em BH

peixes_na_prisao

Prezados

Uma breve reflexão interna ao Projeto Manuelzão,quando se aproxima 5 de março e a inauguração do aquário do São Francisco em BH.

Certa vez, em palestra, disse que os zoológicos são uma instituição perversa, que encarcera animais, e disso se orgulha. Acontece em todo o mundo. Apresenta-se como escola para educação ambiental de crianças, e centro de pesquisa. Centro de pesquisa em animais, realmente é, mas excluindo o ser humano, o mais bem sucedido animal, que foi poupado de viver enjaulado e à mostra. Se predomisasse o interesse científico por quer discriminar o ser humano não reservando moradia para um casal pelo menos?

Por que aquário, prisão de peixes? Parece que estão substituindo os rios, que esgotados, já quase estão sem peixes e os restantes correm o risco de se extinguirem. Tenho outra idéia. Lutar com muita energia para salvar todos os rios do planeta Terra, e levar as crianças para conhecerem os peixes como realmente devem ser conhecidos: na Natureza, em liberdade. Isto vale para todos animais, nas florestas também. Preservando rios e matas não é necessário aprisionar animais. Nosso sistema social e sua mentalidade dominante exterminam os habitats naturais e criam zoológicos e aquários. Não deixa de ser um amor hipócrita. Imaginei um modo de observarmos os peixes nos rios preservados: construir em vidro um mirante em forma de submarino que ficasse dentro do rio onde as pessoas pudessem observar os peixes vivendo em liberdade, sem que percebessem. Imaginem que aula de qualidade. Temos tecnologias para isso e o mesmo poderia acontecer nas florestas. As crianças viajariam, o ensino seria de outro nível de qualidade. Que tal um projeto desse para o baixo rio das Velhas?

No caso do aquário da prefeitura de BH, construido com a melhor das intenções no respectivo nível de consciência! ele foi construido com verbas do mesmo governo e ministérios que aprovaram a transposição do rio São Francisco. Transposição que significará, se for concretizada, pá de cal na vida do São Francisco enquanto rio natural, acabando com sua vazão ecológica e criando inúmeras barragens nos afluentes mineiros dessa bacia, aa grandes inimigas dos rios e dos peixes. Este aquário é fruto de uma certa má consciência, de uma tentativa de compensação e de marketing. O prefeito de BH, embora o considere amigável e respeitável, com passagens históricas comuns, é apoiador convicto de Ciro Gomes no projeto de transposição. Estará inaugurando uma obra que é mais um requiém antecipado do destino da bacia do São Francisco. E tudo será apresentado pela mídia como mais uma conquista da sociedade, como mais um progresso!

Esta voz isolada não tem como se contrapor ao noticiário dessa engrenagem do sistema, que apresentará à sociedade esta festa, na verdade prenúncio de velório. Por isso não suporto o cheiro das flores em velórios. Prefiro o perfume das flores para agradar meus encontros e regalar minha amada. Não para esconder o mau cheiro dos defuntos. As flores são usadas também à beira dos córregos canalizados para esconder o mau cheiro dos esgotos. Assim é a propaganda enganosa. Sei que entre nós muitos apoiam o aquário e tenho por eles o maior respeito, pois estão associados à recuperação do Velhas e do São Francisco. Mas neste ítem pensamos diferentes. Sou a favor do fechamento dos zoológicos e pela defesa das nossas matas com seus animais em todo o mundo. O mesmo quanto aos rios e aos peixes.

Apolo Heringer Lisboa
Professor da UFMG e fundador do Projeto Manuelzão

  • Hits: 7511